Escrito por Ausland em

ROI ERP: como calcular o retorno esperado de um novo sistema de gestão

Saiba como calcular o retorno do seu novo sistema de gestão

Não tem como pensar no mundo moderno sem lembrar das suas novidades tecnológicas, como internet, smartphone e softwares automatizados para empresas. Praticidade, integração e economia de tempo são só alguns dos benefícios da automatização do seu negócio. Pensando nisso, resolvemos falar sobre como calcular o retorno esperado de um novo sistema de gestão.

O que é ROI?

ROI é a abreviação de um termo em inglês (Return On Investiment) e em português significa Retorno Sobre Investimento. Para muitos profissionais de marketing e do setor financeiro este é o cálculo mais importante para um investimento empresarial.

Criação de campanhas, contratação de um novo profissional e aplicação de um software automatizado são exemplos de investimento que a companhia aposta e espera receber um retorno positivo.

Com a mensuração do ROI, é possível:

  • Avaliar os resultados das estratégias de marketing e medir sua eficiência e eficácia;
  • Garantir a sensação de maior segurança ao aplicar o dinheiro, pois é possível avaliar os melhores tipos de investimentos;
  • Aumentar as vendas e os lucros.

Sistemas automatizados e a redução de custos

Uma das principais vantagens de um software de gestão é automatizar e otimizar tarefas que antes tomavam muito tempo. Com estas facilidades, o negócio não precisa gastar a mais com mão de obra e impostos, além de diminuir o tempo gasto durante os processos. Todos estes pontos geram à empresa uma redução de custos.

Benefícios ERP que podem ser mensurados

Como falamos acima, o Sistema ERP garante diversos benefícios para a empresa. Mas como saber se o ROI da aplicação deste software é positivo? Listamos, na tabela abaixo, as vantagens da automatização que podem ser mensuradas pelo ROI.

O QUE MÉDIA DE ECONOMIA COMO
Reduzir custos operacionais 9% Alocação dos recursos, redução de horas extras de trabalhos e técnicos.
Redução de inventário 32% Melhorando o planejamento e controle de produção de todos os itens: matéria-prima, itens em processos e produtos finalizados.
Redução do ciclo de processamento do pedido até a entrega 20% Automatizando o recebimento dos pedidos e integrando com o planejamento da produção e faturamento.
Reduzir custos com matéria-prima 15% Planejando melhor o processo de compras e reduzindo desperdícios.
Redução do ciclo de fechamentos contábeis e fiscal 19% Com a geração automática dos arquivos SPED e informações reais, sem exportação de dados.
Melhoria em processos de manutenção 7% Por meio da gestão integrada da produção com os planos de manutenção preventiva.
Aumentar a receita 11% Melhor gerenciamento do relacionamento com o cliente com mais informações sobre ele.

E como calcular o ROI de um Sistema ERP?

A soma dos benefícios financeiros obtidos por meio de um Sistema ERP é que vão dar a base para você saber exatamente o quanto a nova ferramenta está contribuindo para a redução de custos e geração de lucro.

Antes de implementar o software de gestão no seu negócio, verifique e anote todos os seus custos com: pessoal, horas extras, tempo dedicado às tarefas burocráticas, atrasos nos processos e outros problemas e desperdícios que impactam diretamente na empresa. Depois de um mês com o sistema automatizado funcionando na empresa, você já pode começar a calcular o retorno sobre o investimento. A fórmula usada é a seguinte:

((Receita – Investimento) / Investimento) x 100

  • Receita: o que você deixou de gastar com os custos que foram anotados antes da implementação + o que você ganhou em produtividade.
  • Investimento: valor pago pela implantação do ERP.

Caso você seja ansioso e não queira esperar pelos resultados oficiais, pode calcular o “ROI Previsto” mensurando as estimativas de ganho com o Sistema ERP. Só tenha em mente que isto é uma estimativa e pode não corresponder aos dados finais. Inclusive, vale lembrar que o ROI é uma métrica de comportamento passado ligado a diversas variáveis, ou seja, o valor de um mês pode ser igual, menor ou maior do que o do próximo.

Em relação aos softwares de gestão, a tendência é que o ROI cresça pouco a pouco de acordo com o tempo. Serão necessários alguns meses para que o ERP atinja seu ápice, já que o seu crescimento está diretamente ligado, também, ao trabalho humano. Ao mesmo tempo em que os gestores se familiarizam com a ferramenta e passam a usá-la com mais propriedade, o ROI aumenta.

Ao verificar o ROI do ERP, você consegue saber se a ferramenta está servindo aos objetivos determinados na sua contratação ou se está gerando mais custos do que receitas. Equipe mais produtiva, processos otimizados, integração entre todas as áreas e maior capacidade de análise são os principais benefícios ofertados pelo sistema de gestão. Se a sua empresa não melhorou em nenhum destes pontos, talvez seja o momento de reavaliar a implantação da ferramenta.

Para que você tenha acesso a todas as vantagens que este software oferece, entre em contato com um de nossos consultores. Eles vão ajudar você a escolher as ferramentas mais adequadas para o seu negócio e definir objetivos.

Você já usa o Sistema ERP na sua empresa? Como foi o cálculo do ROI para a empresa? Está satisfeito com o resultado? Conte para a gente nos comentários e aproveite para conhecer outras dicas empresarias em nosso blog.

Veja também esse e-book especial que fizemos para você:

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de nossas novidades