Escrito por Ausland em

Os maiores gargalos que encarecem os custos da produção

Qualquer falha no processo produtivo é capaz de gerar desperdícios e prejuízos para o seu negócio. Vamos saber como estes erros acontecem e como solucioná-los?

Uma linha de produção na indústria é composta por diversas etapas que se somam para alcançar o produto final. Dentro do sistema produtivo temos o input – entrada de matérias primas que serão transformadas – e o output – venda dos produtos acabados ao consumidor final. São diversas as etapas da produção: identificação da demanda, planejamento, comprar a matérias prima, depois manufaturá-las, fazer controle de qualidade, embalar, armazenar no estoque e, por último, colocar para venda.

Desde o início do sistema produtivo até que o produto chegue ao consumidor, tudo precisa ser feito com precisão e eficiência. Os “gargalos” são todos os obstáculos que limitam qualquer etapa deste sistema e limitam a capacidade de produção, podendo afetar na qualidade ou quantidade do produto e gerando desperdícios e prejuízos para o negócio.

Principais gargalos na produção

Como falamos acima, toda a linha de produção precisa atuar de forma precisa e eficiente, fugindo de possíveis limitações. Conheça os principais gargalos encontrados no sistema produtivo, como a tecnologia pode ser uma aliada, como eliminar estes erros e aumentar a produtividade da empresa.

  • INÍCIO DO PROCESSO: chegada da matéria prima e ritmo de produção

Quando os obstáculos começam a aparecer logo no início da produção, a ociosidade atinge todas as etapas do processo. Isso acontece pois se o sistema produtivo enfrenta algum tipo de problema logo quando começa, todas as fases seguintes ficam comprometidas.

Gargalo 1: a matéria prima não está em quantidade e/ou especificação suficiente, gerando atrasos e prejuízos.

Solução: aposte em um sistema ERP, com este software você pode planejar a entrada de todos os recursos, suas quantidades, quando devem ser utilizados e prever a demanda futura.

Gargalo 2: a matéria prima apresenta prazo de validade expirado ou não prioriza o lote mais velho (PEPS – primeiro que entra, é o primeiro que sai). Esta falha gera grandes prejuízos a empresa, ao ser necessário descartar uma boa quantidade deste material.

Solução: com a automação (software de gestão) é possível ter controle total das matérias primas, a partir de suas datas de validade, baixa dos materiais no estoque de fornecedores e entrada do material na empresa.

Gargalo 3: o fornecedor não cumpriu o prazo de entrega determinado ou a quantidade solicitada é insuficiente.

Solução: Com um software de gestão, você tem o controle total do estoque que está nas mãos de terceirizadas. Fazendo o monitoramento de entrada e saída e dando baixa nos materiais que chegaram dos fornecedores.

Gargalo 4: não encontrar o ritmo de produção ideal, podendo gerar atrasos ou então fazer uma superprodução. Dois fatos que geram altos desperdícios ao negócio.

Solução: com um sistema automatizado, você consegue saber exatamente o que será produzido, em qual quantidade e o seu prazo determinado. Desta forma, é possível controlar a produção de forma mais eficiente.

  • MEIO DO PROCESSO: produção em andamento

São diversos os cuidados que o controle e planejamento na linha de produção exigem. Assegurar que o produto final tenha a qualidade esperada, que as máquinas e mão de obra opere em conjunto e em níveis desejados de produtividade, que os estoques não sofram com a superprodução e que todas as etapas do processo sejam sistematizados e padronizados são alguns dos fatores que exigem atenção.

Gargalo 5: perda no rastreamento do produto depois que ele entra no sistema de produção.

Solução: com um sistema ERP é possível rastrear, controlar e observar cada ordem do produto, em qualquer etapa do processo.

Gargalo 6: acabou a matéria prima no meio da produção.

Solução: automatizar os sistemas de produção permite que você tenha controle total nos fluxos de materiais na linha de produção e na movimentação do estoque.

Gargalo 7: acúmulo de papéis e documentos, tornando impossível para você se organizar e armazenar informações.

Solução: formulários eletrônicos personalizados para cada fase da linha de produção é mais uma das vantagens de um software de gestão. Assim, você elimina os custos de papel e impressora, além de economizar tempo – antes gasto com a organização e armazenagem destes documentos.

Gargalo 8: uma máquina parou de funcionar e só perceberam depois que a produção foi atrasada.

Solução: o controle total do funcionamento dos equipamento é essencial. Com a automação, é possível contar com um módulo de proteção em que você acompanha e fiscaliza casos de paradas de máquinas em tempo real.

  • FIM DO PROCESSO

Já falamos que se um gargalo é encontrado no início da produção é responsável por gerar uma ociosidade. Porém, quando um obstáculo está no final da produção é bem provável que o resultado seja um enorme prejuízo à sua indústria.

Gargalo 9: não conseguir controlar o estoque após o fim da produção.

Solução: com um software de gestão completo permitirá que você consiga controlar todos os seus produtos a partir de lotes de produção em série.

Gargalo 10: lentidão para emitir requisições e laudos técnicos sobre o sistema produtivo

Solução: o sistema ERP permite que você faça emissão automática de requisições e laudos técnicos de cada uma das etapas da produção.

Gargalo 11: demora na liberação dos produtos para a entrega.

Solução: uma boa logística é fundamental para o sucesso do seu negócio. Com a automação, você pode liberar automaticamente a sua produção – integral ou parcial.

  • EM TODO O PROCESSO

Identificar gargalos e encontrar uma solução não é uma tarefa simples. Além dos obstáculos pontuais em cada fase da linha de produção, é possível que o sistema produtivo enfrente vários deles ao mesmo tempo, exigindo uma resposta mais abrangente e complexa.

Gargalo 12: precisa coordenar diretamente a produção em mais de uma fábrica.

Solução: um sistema de gestão efetivo e simples permite que você consiga gerenciar produção em diferentes locais de forma prática, ágil e segura.

Gargalo 13: não possui dimensão do custo total da produção.

Solução: a partir de um sistema ERP, você consegue calcular e gerir os custos diretos e indiretos de maneira muito mais prática. Conseguindo assim, otimizar a mão de obra e desperdício de materiais, podendo baratear o seu processo de produção.

Gargalo 14: armazenagem e avaliação da produção por um período mais longo.

Solução: Com a automação é possível produzir histogramas e gráficos da linha de produção para você acompanhar as mudanças e evoluções do processo. Desta forma, você consegue avaliar de maneira muito mais simples, os picos de alta e baixa produção.

Gargalo 15: integração dos sistemas de avaliação de qualidade e armazenamento.

Solução: a integração é essencial para o sucesso de qualquer negócio. Com uma solução integrada, feita a partir de um sistema ERP, é possível gerenciar a cadeia de suprimentos e otimizar a área operacional e administrativa no processo de armazenagem.

Os obstáculos na linha de produção trazem diversos prejuízos ao negócio, como: atraso no produto final, perda de capital, diminuição da competitividade no mercado e possíveis perdas do produto. Eliminando os obstáculos de sua empresa, você reduz o tempo de produção, elimina custos desnecessários e aumenta a eficácia do seu processo. Como discutimos neste texto, um sistema ERP é fundamental no combate desses erros. Saiba como automatizar a sua empresa com este software com a Ausland.

Entre em Contato

Dúvidas sobre nossos softwares? Teremos o maior prazer em atendê-lo.

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de nossas novidades