Escrito por Marketing Ausland em

O que é Sociedade de Garantia de Crédito (SGC)?

Alguns empreendedores, principalmente em início de negócio, necessitam de financiamento para poderem continuar com suas empresas ou o desejam para expansão no mercado. O problema é que os bancos dificilmente dão crédito – principalmente em altos valores – para empresas com pouco tempo de atuação. E a solução, então, pode ser dada pelas sociedades de garantia de crédito.

Essas instituições são como associações formadas por empresas e empresários com o intuito de financiar os associados em seus objetivos mercadológicos. Como grandes empresas têm mais facilidades com instituições financeiras e maior aporte financeiro próprio, as sociedades em geral são compostas apenas por micro, pequenas e médias empresas. Constituições públicas e cooperativas, inclusive de crédito, também participam das sociedades.

A principal vantagem para um empresário com a associação à sociedade de garantia de crédito é a contratação do financiamento com baixa taxa de juros – menor que nas financeiras convencionais. Basta que se tenha condições para pagamento das prestações e que isso seja comprovado com documentos idôneos. Além dos procedimentos básicos de recolhimento de documentação cadastral e confirmação de nenhuma restrição junto às protetoras de crédito.

Um grande diferencial das operações das sociedades de garantia de crédito é o acompanhamento ao financiado, o que não existe em outras credoras. A prática visa auxiliar o crescimento do empreendimento que está investindo e garantir que, com o sucesso, o empréstimo seja honrado.

Além dos juros pagos na quitação do empréstimo, taxas de adesão são cobradas a cada financiamento concedido e na entrada do empresário na sociedade.

Em tempos de crise e crédito junto a bancos cada vez mais dificultado pelo receio de inadimplência que tomou as instituições financeiras, como atualmente, essas sociedades são ainda mais importantes, necessárias e efetivas para empresários terem capital de giro ou de investimento. Este último indica que o negócio está em expansão e até pode – mesmo que não deva – ser postergado. Porém, capital de giro não pode ser protelado e sem isso o risco de falência é alto.

O primeiro passo para conseguir o crédito é elaborar uma proposta e levar ao conhecimento de uma SGC que analisará a situação e indicará a melhor linha de crédito para a empresa. A partir daí, é só juntar a documentação solicitada e aguardar a resposta. No site do Portal das SGC (www.sociedadegarantiacredito.com.br) você encontra qual a associação mais perto de você.

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de nossas novidades