Escrito por Ausland em

Negociação com fornecedores: 8 passos para comprar bem

Confira algumas dicas para ter uma ótima negociação com os fornecedores

Uma boa negociação com os fornecedores é fundamental para o sucesso e competitividade de qualquer empresa. Por exemplo, se você não consegue bons preços de compra, os seus produtos ficam mais caros e encalhados no estoque, ou seja, prejuízo na certa. Por isso, separamos 8 passos para você comprar bem.

 

  1. Defina uma estratégia

Antes de já partir para a negociação de descontos ou prazos maiores para pagamento, é preciso pensar primeiro quais as suas necessidades. Esta preparação prévia é necessária para que você não deixe o fornecedor impor as condições de fechamento.

 

Para fazer uma boa estratégia, responda algumas perguntas, como:

  • Quais produtos preciso comprar?
  • Qual é a quantidade necessária?
  • Qual é o meu limite de prazo de entrega?
  • Qual é o prazo de pagamento ideal?

 

  1. Desenvolva um plano B

Não possuir argumentos deixa o poder na mão do fornecedor que consegue impor as suas condições mais facilmente e force a sua empresa a aceitar as condições. Sendo assim, é interessante que você tenha um plano B em mente, caso a negociação não termine em fechamento.

 

Por exemplo, se existem mais empresas que fornecem aquilo que você busca para o seu negócio, o poder de barganha aumenta. Contudo, se há poucos fornecedores, sua posição na negociação é mais desfavorável. Por isso, se prepare antes do encontro e defina possíveis planos B.

 

  1. Crie uma relação de parceria

Desenvolver uma relação próxima com o fornecedor ajuda na confiança entre as duas partes e facilita a troca de informações. Portanto, não se feche durante a negociação, mostre sinais de que está disposto a ceder e que deseja uma situação em que ambas as partes possam ter benefícios no fechamento da negociação.

 

Fechar um contrato exclusivo com o fornecedor pode ser uma boa estratégia de negociação, levando inclusive a uma queda nos preços. Com este tipo de contrato, é importante que haja uma relação mais próxima com o seu fornecedor. Isso ajuda na flexibilização de preços, prazos e condições de pagamento. Por isso, sempre tente manter o contato entre as duas partes, seja com visitas ou reuniões.

 

  1. Tente negociar um ganha-ganha

Sempre tente negociar um acordo em que ambas as partes (sua empresa e o fornecedor) sejam favorecidas. Para isso acontecer, é essencial que se estabeleça uma confiança entre os dois. Desta forma, tanto você quanto o fornecedor se sentem mais seguros para fazer concessões.

 

Óbvio que quando a negociação é finalizada, uma das partes sempre tem uma vantagem sobre a outra. Por isso, vale a pena manter uma postura mais firme para garantir que a sua empresa seja a maior beneficiada.

  1. Sempre barganhe

Já comentamos acima a importância de pesquisar o mercado e ter um plano B, ou seja, é importante que você conheça propostas de outros fornecedores e tenha o necessário para conseguir comparar todas as opções.

 

Alinhando a sua pesquisa com o levantamento das suas necessidades, você tem todas as informações necessárias na hora de barganhar. A barganha envolve apresentar objeções, negociar melhores preços, prazos e formas de pagamento. Só tome cuidado para não pressionar demais as negociações e prejudicar o clima de confiança quebrado.

  1. Analise o setor de compras da sua empresa

É comum uma empresa não ter o controle sobre o seu setor de compras e adquirir mais materiais do que o necessário. Pode parecer pouca coisa, mas ter mais produtos do que o necessário no depósito, faz com que o estoque fique parado e gere prejuízos ao seu negócio.

 

Por isso, a importância de ter um controle sobre o departamento de compras. Com um software de gestão, você consegue ter uma análise minuciosa do empreendimento antes de decidir comprar alguma coisa, como: gestão das necessidades para observar se há itens faltantes e visão estratégica do estoque.

  1. Avalie o fluxo de caixa

Outra questão que precisa ser avaliada é o fluxo de caixa da organização. Afinal, ninguém quer gastar mais do que deve, não é mesmo? Um Sistema ERP permite que você acompanhe a saída e entrada de dinheiro em tempo real. Assim, você consegue tomar uma decisão mais acertada e sem comprometer o financeiro do seu negócio.

 

  1. Análise de cenário e relatórios

Avaliar o cenário em que sua empresa está é essencial para o perfeito entendimento do mercado e da rotina do consumidor. Somente com uma análise criteriosa você terá uma melhor visualização sobre o negócio como um todo, com a visão clara dos centros de custo e dos pontos de maior lucratividade. Assim fica mais fácil decidir se é realmente a hora de comprar.

O post de hoje conta com 8 passos para comprar bem e como você pode perceber, um sistema ERP se torna essencial na hora da tomada de decisões. Assim, você tem todas as ferramentas para garantir uma negociação de sucesso com os fornecedores.

Você já utiliza algum desses passos nas suas negociações? Conte para a gente nos comentários. Temos certeza que a combinação de todas elas vão garantir ao seu negócio uma compra muito mais excelente e assertiva. E não se esqueça de conferir mais dicas sobre empreendedorismo em nosso blog.

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de nossas novidades