Escrito por Ausland em

Como fazer grandes promoções sem comprometer o caixa?

No post de hoje vamos dar dicas de como aplicar descontos ao seu cliente sem comprometer o financeiro da empresa.

Como fazer grandes promoções sem comprometer o caixa?

É comum estar andando por shoppings e ruas comerciais ou e-commerce e perceber que algumas lojas estão aplicando descontos em seus produtos, certo? Além de ser uma excelente forma de atrair novos clientes, esta atitude também pode ser aliada na hora de dar um fim a um estoque parado. Aprenda hoje como fazer grandes promoções sem comprometer o caixa da sua empresa.

 

Apesar das promoções serem aplicadas regularmente, reduzir aleatoriamente o preço de alguns produtos ou oferecer brindes e prêmios sem nenhum estudo de mercado pode ser um tiro no pé. Para lhe ajudar a fazer uma oferta que vale a pena para o seu negócio, separamos um passo a passo de como planejar promoções sem comprometer o setor financeiro.

 

  1. Defina o seu objetivo

Decida qual vai ser o propósito da sua promoção. É para aumentar as vendas? Divulgar um novo produto? Conquistar novos clientes? Fidelizar os consumidores antigos? Definir o objetivo é o primeiro passo para ter uma oferta de sucesso no seu empreendimento.

Por exemplo, você percebeu que as metas de venda estão muito abaixo do esperado ou então o estoque está cheio, a promoção pode ser uma oportunidade para resolver estes problemas.

 

  1. Escolha dos produtos

Como fazer grandes promoções sem comprometer o caixa?

Depois que o objetivo das promoções foram definidos é o momento de escolher quais os produtos que vão fazer parte dela. Tenha em mente que os descontos podem ser aplicados em apenas uma peça, em várias ou até em todo o estoque da loja.

Para escolher as melhores opções, você pode dividir os seus itens em dois grupos: os mais vendáveis (que têm maior saída e são normalmente mais baratas do que o restante do estoque) e os mais rentáveis (podem não ser as mais vendidas, mas possuem uma margem de lucro maior).

Se o objetivo da sua oferta é aumentar as vendas, uma boa opção é dar descontos nos produtos vendáveis, que já são conhecidos pelos seus clientes. Agora, se você pretende conquistar novos clientes, aposte na promoção dos itens rentáveis. Normalmente, estas peças são as mais elaboradas e valorizadas pelos consumidores, ao aplicar desconto nela, a loja chama atenção para marca e atrai pessoas que não costumam comprar ali.

O único tipo de produto que não deve fazer parte da promoção é o recém-lançado. Ao apresentar o lançamento para o cliente com preço reduzido, dificilmente ele vai querer comprar pelo preço cheio mais tarde. Nesta situação, o ideal é criar ofertas diferentes, como brindes e degustações.

 

  1. Defina o valor do desconto

Para definir qual o valor de desconto que você vai aplicar é necessário avaliar como andam as finanças do seu negócio. A promoção é só uma ação de marketing ou precisa gerar lucro? É um investimento ou a empresa precisa da receita?

Por exemplo, lojas que procuram aumentar as vendas e atrair novos clientes, normalmente estão preocupadas em ter mais dinheiro no caixa. Enquanto isso, quem procura fidelizar seus consumidores, pode apostar em ofertas sem se preocupar com o retorno imediato.

Em algumas situações, a empresa opta por vender o produto pelo seu preço de custo. Na maioria dos casos, isto acontece quando o negócio não visa o lucro, mas precisa de um capital de giro imediato. Para que a promoção dê lucro, o desconto do item precisa ser menor do que sua margem de lucro.

Uma boa solução para aumentar as vendas e não comprometer o caixa do negócio é usar o método da oferta progressiva, que fica maior à medida que o valor da compra sobe. Desta forma, a loja incentiva a compra por impulso e o impacto causado pela redução do preço é compensado pelo aumento das vendas.

 

  1. Tempo de duração da promoção

Como fazer grandes promoções sem comprometer o caixa?

Você pode programar para a oferta durar algumas horas, dias, semanas ou meses. Só tome cuidado, pois uma promoção muito longa pode começar a ser percebida pelo cliente como preço fixo. Isso acaba desvalorizando o produto e a marca, além de dificultar muito a venda quando o desconto chega ao fim.

Se o objetivo da promoção é aumentar as vendas ou conquistar novos clientes, a oferta deve ser mais rápida. Para ter um maior controle, estabeleça metas diárias ou semanais para a venda dos produtos com o desconto. Assim, você pode estender ou encurtar o tempo da promoção de acordo com os resultados alcançados.

No caso de lançamento de novos produtos, a oferta (lembrando que não deve ser o desconto sobre o item recém-lançado) precisa começar assim que o item chegar às lojas e continuar até acabar o primeiro lote ou então respeitar o prazo máximo de 90 dias.

 

  1. Divulgação da promoção

Decidir como você vai divulgar a promoção é um passo importante para acabar não comprometendo o caixa. Por exemplo, anúncios em jornais, televisão e revistas de grande circulam costumam custar caro para empreendimentos menores.

Além de anunciar a oferta com cartazes na vitrine da sua loja, você também pode apostar na tecnologia como sua aliada. Anúncios patrocinados em redes sociais e sites de pesquisas são formais mais baratas de atingir um público diferenciado.

  1. Mensure os resultados

De nada adianta criar uma promoção se você não mensurar os resultados. É a mensuração que vai avaliar se o objetivo foi alcançado e quais os principais acertos e erros. Se um erro for identificado durante a ação, por exemplo, você tem tempo hábil para agir e mudar. E ao final da promoção, pode colher os aprendizados e aprimorar uma nova promoção.

 

Promoções x Gerenciamento de estoque

A realização de promoções periódicas pode ser benéfica de várias maneiras para a empresa. Além das ações citadas acima, o que favorece um bom resultado de uma promoção é uma eficaz administração de estoque. Por esse motivo é tão importante que esta tarefa seja feita com organização e exatidão. Confira algumas dicas essenciais para ter uma gestão eficiente:

 

  • Anotar todas as entradas e saídas do estoque;
  • Qualquer saída do estoque (seja para a produção ou venda) deve ser acompanhada de uma requisição;
  • Não permitir qualquer saída sem a requisição e identificação de quem retirou;
  • Ter um sistema que atualize em tempo real os itens no estoque;
  • Ter um sistema que permita que os vendedores consultem em tempo real os itens em estoque.

 

São vários os fatores que influenciam no sucesso de uma promoção sem comprometer o caixa, não é mesmo? Desde o objetivo da oferta até a sua divulgação, cada detalhe deve ser planejado e analisado para que os descontos não causem um buraco na saúde financeira do seu negócio.

Gostou das nossas dicas de hoje? Então, acesse o nosso blog e fique ligado nos nossos textos sobre o mundo empresarial, investimentos e tecnologia organizacional.

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de nossas novidades