Escrito por Marketing Ausland em

BI para aumentar as vendas – análise do perfil do cliente

Infelizmente a maioria das empresas utiliza seu cadastro de cliente como se fosse um “mal necessário”, algo meramente burocrático, a ser feito somente para que se consiga emitir a nota fiscal e finalmente, vender.

BI-para-aumentar-as-vendas---análise-do-perfil-do-cliente

Mas para quem preenche correta e completamente o cadastro de seus clientes e os mantém atualizados, porque de fato ali se tem um importante banco de dados, é possível fazer uma série de análises para, uma vez conhecendo tal perfil, melhorar o atendimento e a própria gestão e os resultados da empresa. Veja alguns exemplos do que é possível fazer com o uso de um BI – Business Intelligence:

a)    A partir do CEP e endereço, é possível obter a localização exata dos clientes, permitindo uma visualização da quantidade de compradores por quadra, rua ou bairro;

b)    Utilizando-se dados do IBGE, é viável estabelecer a quantidade de clientes potenciais (leads ou prospects), normalmente por bairro, zona censitária ou até por quadra;

c)    Com as informações anteriores, é possível se cruzar a quantidade de clientes atuais x prospects, para se avaliar a eficiência das ações de propaganda ou captação por área;

d)    Análise do perfil geral e por segmento de cada cliente, pelos parâmetros que o cadastro contiver (sexo, idade, renda, preferências de compra, etc.);

e)    É possível cruzar os dados de satisfação, inadimplência, desempenho e outros, com o respectivo perfil daquele tipo de cliente;

f)     A partir dos dados anteriores, é possível estabelecer ações específicas para cada público, usar o meio adequado para atingir cada tipo de cliente e, em alguns casos, até mesmo uma ação específica para cada cliente.

Selio Scheifer, Gerente de BI da Ausland, esclarece que “este tipo de aplicação pode ser usada em qualquer tipo de Organização”. Ele completa informando que “dentre os cases em que já trabalhou, até mesmo Escolas e Faculdades (que em muitos casos priorizam os aspectos didáticos) podem e já se beneficiaram muito com o do BI para uma Gestão do Cliente mais eficaz e eficiente”.

Alexandre Weiler, Diretor Acadêmico da ESIC, que recentemente participou de uma apresentação sobre o QlikView e está estudando o BI e suas possibilidades de negócio, comentou que sua primeira impressão “é de que é uma ferramenta importante para a tomada de decisões, função primária de qualquer gestor. Isto é mais fácil com informações corretas e este software permite de fato obtê-las de forma amigável, fácil e segura”.

Mas para tudo isto, é preciso um bom cadastro – e um BI ajuda muito a facilitar a análise e tomada de decisões.

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de nossas novidades