Escrito por Marketing Ausland em

Atitudes que podem ajudar o mercado varejista durante a crise

A crise chegou ao país e trouxe problemas para todos os setores da economia, inclusive o varejo. Conforme os consumidores tornam-se mais cuidadosos com seu dinheiro, as compras tendem a diminuir. A alta do dólar é outro fator que afetou a economia, assim como altas taxas de juros adotadas pelas instituições financeiras.

O ano de  2016 segue sendo afetado pelos problemas que geraram a crise econômica. Para garantir que seu negócio conseguirá passar por esse período turbulento, separamos algumas dicas:

1. Aproveitar meios virtuais: Comércios virtuais estão tornando-se cada vez mais comuns e populares, então não existe motivo para perder essa oportunidade. É interessante para todos os tipos de varejo utilizarem meios online como sites, blogs, lojas online e redes sociais para atrair e aproximar-se dos consumidores.

2. Montar estratégias de vendas: Estratégias são vitais para um varejo, tanto no período de crise quanto em  períodos favoráveis. Para que seu negócio consiga vender o máximo possível e evitar o prejuízo, é necessário criar uma boa estratégia de vendas que leve em conta fatores de risco e oportunidades que seu varejo pode encontrar. Também devem existir nas estratégias maneiras de ultrapassar a competição e de conquistar novos consumidores.

3. Usar promoções com cautela: Andando numa área comercial de qualquer cidade, fica evidente o desespero de muitos varejistas para vender: promoções de 30%, 40% e até 50% de desconto e coisas do tipo começam a ficar comuns. Tome muito cuidado com promoções, elas podem trazer mais problemas que vantagens. Quando o varejista abaixa demais o preço de um certo produto, ele pode não se pagar e, além de não gerar lucro, amarga prejuízo. Utilizar promoções sem cuidado pode levar até a falência de um comércio.

4. Envolver funcionários: Sua empresa só existe devido a seus colaboradores, e eles também estão vivendo o tempo de crise. Para sobreviver é preciso envolver a todos da equipe e criar um pensamento focado em resultados e vendas. Funcionários bem motivados ajudam qualquer companhia a fugir da crise.

5. Utilize um sistema de gestão: ERPs são sistemas de gestão utilizados por empresas para realizar tarefas como integrar seções empresariais. Eles também podem ajudar a maximizar os lucros de um varejo ao auxiliar com deveres tributários e taxas, gerarem relatórios sobre tendências de mercado e demanda, que auxiliam no planejamento e afins. O sistema também facilita a gestão de estoque, permitindo visualizar os produtos de maior giro e aqueles "encalhados". De posse dessas informações sobre estoque, é possível planejar ações para uma otimização de compras ou planejamento de ações promocionais, por exemplo.

Com uma ERP o empresário tem a possibilidade de identificar fraquezas em seu comércio mais facilmente, e lidar com elas antes que tornem-se prejuízo. No caso de quem deseja abrir uma filial apesar do tempo difícil, o ERP também auxilia para descobrir o local mais vantajoso.

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de nossas novidades