Escrito por Marketing Ausland em

5 dicas para sua empresa começar a exportar

Estar presente no mercado internacional costuma ser uma das pretensões de muitas empresas brasileiras. Porém, para caminhar rumo aos negócios em outro país, conseguir os parceiros adequados e, o mais importante, ter lucro, é preciso que o produtor/empreendedor coloque em prática uma série de cuidados e estratégias que demandam conhecimento sobre exportação. Separamos cinco dicas que podem ajudar e muito quem deseja dar o primeiro passo rumo à internacionalização dos negócios:


1) Produtos competitivos: oferecer um produto ou serviço competitivo é essencial. Isso pode ter relação com preço ou qualidade ou, ainda, os dois em conjunto. O vestuário de praia produzido no Brasil, por exemplo, é referência como qualidade no mercado mundial e faz sucesso no exterior, mesmo os preços não sendo tão atrativos.

2) Análise de mercado: é preciso avaliar a viabilidade da exportação, verificar preços praticados no país para o qual se pretende exportar, estar por dentro das exigências técnicas e sanitárias, avaliar diferenças cambiais, considerar a demanda necessária,  informar-se sobre situações sazonais, qual a embalagem adequada, custo de transporte, e tudo mais que possa influenciar na operação.

3) Pagamento via carta de crédito: esta é a modalidade de pagamento mais utilizada no comércio internacional, pois costuma ser mais segura tanto para o exportador como para o importador. O importador deve solicitar a carta de crédito em um banco na sua praça. Ela representa um compromisso de pagamento do banco ao exportador da mercadoria. No documento está detalhado o valor, quem receberá (exportador), documentação necessária, prazo, portos de destino e de embarque e detalhamento da mercadoria.

4) Normas de exportação: é item básico estar por dentro das normas estabelecidas pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior em relação à exportação. Na Portaria SECEX nº 23, de 14/07/11, constam diversas informações sobre o que é permitido exportar, como exportar, como substituir mercadoria e tantas outras determinações do Governo.

5) Software de gestão: com a ajuda da tecnologia fica muito mais simples cumprir as exigências específicas para exportação, principalmente as fiscais e contábeis, e  isso é possível com a ajuda de um software. A Ausland oferece um ERP que auxilia em tudo que envolve o gerenciamento de empresas e especificamente questões ligadas ao processo de exportação. Inclusive, o sistema é desenhado conforme as características e necessidades individuais de cada empresa.  Acesse o link e conheça mais sobre as soluções da Ausland http://ausland.com.br/segmentos/comercio/.

Com todas essas estratégias bem alinhadas, grande parte do percurso que levará ao sucesso das exportações dos seus materiais já está percorrido, minimizando riscos de se ter prejuízos ou se indispor com a legislação brasileira e de outros países. Faça um checklist de todos os itens e bons negócios!

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de nossas novidades