Escrito por Ausland em

10 Motivos do porquê o Sistema ERP deve ser um investimento prioritário em empresas de pequeno e médio porte

Saiba mais sobre o Sistema ERP e como ele pode fazer a diferença na sua empresa

Decidir empreender demanda planejamento, alocação de recursos, projeto, dinheiro e metas. Não importa como o seu negócio nasceu, se foi com uma boa ideia, a partir de um trabalho informal ou empreendendo. Resolvemos ajudá-lo a crescer listando 10 motivos do porquê o Sistema ERP deve ser um investimento prioritário em empresas de pequeno e médio porte.

No meio de tantos processos, decisões e setores, como se organizar para expandir o negócio sem perder o controle da saúde financeira empresarial? Para evitar que aconteça alguma perda significativa, é necessário adotar controles administrativos. processuais e financeiros, ou seja, um Sistema ERP.

Afinal, o que é Sistema ERP?

ERPs são softwares que automatizam a empresa e integram todos as áreas, dados e processos em um único lugar. Aqui, também é possível armazenar todas as informações do negócio, zerando o risco de perdê-las. A automatização também permite um fluxo de dados de forma única, contínua e consistente.

Sistema ERP para pequenas e médias empresas

Assim que a empresa começa a dar seus primeiros passos, é comum o empreendedor fazer a gestão empresarial a partir de livros de anotações ou planilhas de excel (colocar link post: quando o excel passa de aliado a vilão). Apesar de ser um bom começo, estes métodos mostram as suas deficiências ao longo dos dias, podendo ocorrer divergências entre os números financeiros, na produção, estoque e outros setores.

Entre as principais queixas de quem utiliza essas formas de organização, estão: perdas de documentos e dados cruciais, multas pela falta de ordem, ausência de uma visão consolidada dos processos organizacionais, perda no estoque e ausência de tempo para tentar achar onde estão as falhas que impedem o crescimento da empresa. Uma organização deficiente também pode afetar a relação com os consumidores ao demorar nas respostas e atrasar a entrega por conta de processos lentos. Todos estes problemas podem ser resolvidos com a aplicação de um software de gestão.

Apesar de ser um pensamento comum é equivocado supor que o Sistema ERP só se aplique para empresas de grande porte. Por contar com fluxos de trabalhos e processos mais enxutos, os negócios de pequeno e médio porte têm um processo de implementação muito mais simples e rápido.

Baixe agora o e-book gratuito sobre a importância do sistema ERP para equipes de alta performance e entenda melhor sobre o que é essa ferramenta:

Os 10 motivos do porquê o Sistema ERP deve ser um investimento prioritário

Já deu para entender que o Sistema ERP traz diversos benefícios às empresas que o usam, não é mesmo? Contudo, quais são as vantagens para que uma PME (Empresas de pequeno e médio porte) adote este software? Confira os 10 motivos para apostar nessa solução.

  1. Gestão unificada

Como falamos acima, o Sistema ERP padroniza e integra todos setores de uma empresa, e em alguns casos em diferentes filiais. Desta forma, o gestor consegue visualizar os resultados do negócio como um todo e das áreas de forma individual, permitindo assim, uma gestão unificada.

  1. Integração de informações financeiras

Além de integrar todos os departamentos, o software também engloba todas as informações necessárias, podendo acompanhar o desempenho geral da empresa. Além de saber quanto entrou de receita e quantos recursos da empresa foram consumidos para cada tipo de conta.

  1. Controle dos pedidos

Ao centralizar os dados em um só lugar, o gestor consegue manter o controle de todos os pedidos feitos pelos clientes. Também é possível garantir uma maior segurança, agilidade na coordenação do estoque, produção, transporte e histórico de cada consumidor.

  1. Padronização dos processos

A padronização dos processos economiza tempo, aumenta produtividade e elimina controles manuais e erros humanos.

  1. Redução de erros

Como o software mantém o histórico de todas as ocorrências da empresa, o gestor consegue juntar as informações, analisar os erros e identificar qual a melhor atitude a ser tomada. Também é possível estudar os dados para criar um novo planejamento que elimine os erros cometidos e otimize os processos.

  1. Diminuição de impressão em papel

Ao manter todas as informações em um só lugar de forma automatizada, o número de impressões desnecessárias cai drasticamente. Além de garantir uma maior segurança aos dados, eles podem ser acessados a qualquer hora.

  1. Controle sobre as operações da empresa

Como todas as informações sobre o negócio ficam disponíveis no sistema, o gestor consegue ter um maior controle sobre as operações que ocorrem dentro da empresa.

  1. Redução de custos e riscos

Com a redução de erros e automatização e otimização dos processo, o negócio consegue reduzir consideravelmente os seus custos, riscos e erros.

  1. Precisão e segurança nas informações, disponíveis em tempo real

Ao acessar todas os dados em tempo real e conseguir analisar todas as modificações das informações, o gestor consegue ter uma maior precisão e segurança do trabalho feito pela empresa.

  1. Eliminação de retrabalho

A automatização, aliada a otimização dos processos, redução de erros e gestão unificada elimina, quase por completo, o retrabalho – um tipo de desperdício que pode ser evitado.

A adoção de um Sistema ERP deve ser vista como um investimento para a empresa. Afinal, com todos os benefícios que sua implementação traz, o negócio cresce rapidamente, gera mais lucro e reduz os desperdícios. Para saber mais sobre este software e como implantá-lo na sua organização, entre em contato com a gente.

 

Você já usa o Sistema ERP? Como ele mudou o dia a dia da empresa? Conte para a gente nos comentários. E não se esqueça de conferir outras dicas para o seu negócio em nosso blog.

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de nossas novidades